Mistérios de Clarice

Dília Gouveia.

“Eu à beira do vento. O morro dos ventos uivantes me chama. Vou, bruxa que sou. E me transmuto”. (C.L.) Estamos todos por um fio. A única diferença é que uns sabem disso e outros não. Em tempos sombrios, as palavras irrompem para fazerem renascer uma nova e clara compreensão da nossa realidade humana e histórica! Nas comemorações dos 100 anos de Clarice Lispector, conversaremos sobre a vida e a obra de Clarice, aquela que queria viver de exceção, rompendo os grilhões do cotidiano árido e raso, movida pela paixão da escrita em direção aos insondáveis mistérios da condição humana. 4 encontros, para se inscrever envie e-mail para: faleconosco@casacontexto.com.br